SELOS DE QUALIDADE DANÇA DO VENTRE

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Quando vim morar na cidade do Rio de Janeiro, não custei a constatar o quanto a Dança do Ventre aqui está voltada aos festivais e concursos de dança. Confesso que nunca fui muito de concursos, mas logo que cheguei, participei de alguns como forma de divulgar o meu trabalho na região sudeste. Não sei se vou participar de mais algum, mas reconheço, foram boas experiências e me renderam bons frutos.
Apesar de tudo isso, devo confessar, que gosto mais de acumular Selos de Qualidade. No selo,  eu  exercito a competição mais importante da minha carreira: a competição comigo mesma. Significa estar sempre evoluindo, pesquisando, estudando, vendo minha dança progredir e adquirir novos elementos. Ganhar de mim mesma é meu melhor troféu e ser avaliada por profissionais que eu reconheço só me faz crescer.
Como recentemente eu conquistei o Selo de Qualidade Nabak, decidi postar meus outros dois selos adquiridos em 2003 e 2004. Assim, os meus seguidores poderão conhecer melhor o meu trabalho na Dança do Ventre. O primeiro, me foi dado por uma das mais renomadas escolas de Dança do Ventre do país: a Casa de Chá Khan el Khalili (SP), onde passei por uma banca de mais de 20 componentes. E em 2004, avaliada por mestres egípcios de primeira grandeza: Mahmoud Reda, Raquia Hassan e Faten Salama, na Noite da Conquista, promovida pela Escola Luxor (SP). Na cidade do Rio de Janeiro, somente eu e a brilhante bailarina Natália Trigo temos este certificado… o que muito me honra.

Um prazer dividir minhas conquistas com vocês. Bjs e mais uma vez, obrigada pela visita.