QUALQUER UM PODE DANÇAR!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Engana-se quem pensa que a dança é privilégio de alguns. Que está ao alcance de poucos que foram abençoados com o dom de pegar passos de dança com facilidade e rapidez.
Mas a verdade é que assim como dirigir um carro, pilotar um avião ou datilografar (sou do tempo da datilografia), dançar é uma HABILIDADE. E habilidade é algo que você não tem hoje, mas pode desenvolver no futuro. Vai depender de todo um processo de aprendizagem, de treino, de repetições. Cada um terá o seu próprio tempo para assimilar os novos conhecimentos e quanto mais motivação para aprender, quanto maior o envolvimento e o gosto pela nova atividade, mais facilmente se dará o processo de aprendizagem.
Os passos de qualquer dança podem ser assimilados por qualquer pessoa. Mesmo por aquelas que têm muitas dificuldades no início. A grande questão é descobrir as causas dessa dificuldade. E isso é papel do professor. É ele que deve ser capacitado para fazer o aluno entender como o próprio corpo se comporta e que estratégias deve utilizar para executar um determinado movimento que a princípio lhe parece impossível de fazer.
As dificuldades existem por diversos fatores e identificá-los é o ponto chave para que o aluno comece a dar os primeiros passos de dança. A falta de conhecimento de como um movimento é gerado no corpo, a pouca familiaridade com um determinado estilo de dança, a falta de percepção corporal são apenas algumas das muitas razões pelas quais o aluno não consegue executar um determinado movimento. Então, antes de exigir que o aluno repita cem vezes (erradas) o mesmo movimento, na minha opinião, o professor tem que entender o corpo do aluno, identificar as causas da sua dificuldade, torná-las consciente para o aluno e fornecer ferramentas para transpô-las. Isso pode levar algum tempo, mas funciona. E o resultado é ver seu aluno dançando de verdade.
É muito importante também que o aluno se permita se conhecer por meio da dança. Ele precisa respeitar os próprios limites, sem deixar que eles se cristalizem no seu corpo. Entender o próprio tempo de assimilação dos passos e acreditar que pode aprender tudo que quiser é fundamental para ter sucesso no aprendizado da dança. Além do mais, sou testemunha de que o aluno que levou 6 meses para aprender um determinado passo é capaz de executá-lo com perfeição, tal como aquele que aprendeu imediatamente. Seja qual for o tempo que você leve para dançar, insista, porque você é realmente capaz de dançar.
O que realmente pode te impedir de dançar é a armadilha de achar que DIFICULDADE é sinônimo de IMPOSSIBILIDADE.
Bjs a todos e… bora dançar???? 😉