HOMENS E MULHERES, NAMORAR PRA QUE?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

pair-167267_1280Leitores amados, tudo bem??

Semana passada eu escrevi um post falando sobre o mito do “homem que tem medo de mulher”. Para entender melhor o que eu estou falando, clique aqui e confira o post. 😉

Então… naquela ocasião eu mencionei o fato de que homens e mulheres pensam diferente sobre o que vem a ser “namoro”. Mas como não era o tema do post, achei que seria melhor abordar o assunto num outro momento. E, por esse motivo, cá estou eu!!! Vamos lá?? 😉

Dia desses eu estava assistindo um programa que falava sobre as diversas formas dos jovens denominarem as relações hoje em dia. E dentre as inúmeras denominações de relacionamento (fiquei surpresa com tamanha diversidade… rsss), pude constatar que  a palavra “namoro” em si, não sofreu muita alteração de significado com o passar dos tempos. Continua sendo senso comum, pelo que percebi, que namoro sugere certo grau de compromisso e pressupõe exclusividade e fidelidade. Nada muito diferente do meu tempo não  🙂  (tenho 51).

No entanto, o que eu acredito é que existe uma diferença FUNDAMENTAL (também independente de época) da utilidade do namoro para homens e mulheres. Isso mesmo: UTILIDADE!!! Isto é, para que serve o namoro pro homem e para que serve o namoro pra mulher? O que a mulher pensa quando deseja namorar alguém e o que esse homem tem em mente quando toma a mesma decisão?

Acreditem, é o sentido que se dá ao namoro (e não sua definição) que é a grande causa dos desentendimentos entre homens e mulheres acerca da decisão de assumirem ou não o tal “namoro”.

Geralmente a mulher quer namorar porque entende que é numa relação assumida, que pressupõe em tese a exclusividade e a fidelidade, que ela vai poder conhecer de perto o seu companheiro – seu caráter e seus valores. É por meio do namoro que a mulher terá a oportunidade de decidir se aquele namorado poderá vir a ser um bom marido, um parceiro legal e o melhor pai de seus filhos… enfim. Nessa perspectiva, o namoro é uma estratégia que pode decidir futuramente sobre a eleição ou não do outro pra planos futuros.

Ao contrário do que muitos homens pensam, a mulher não quer namorar porque está pensando em casar com vcs, meus queridos! Uma mulher bem resolvida, madura e inteligente quer namorar apenas pra te conhecer. Sem rodeios? Ela quer saber se vc vale à pena ou não!!! 😉 Por isso, é plenamente possível para uma mulher, assumir um namoro antes mesmo de se apaixonar de fato. Porque ela entende que se relacionar de forma compromissada e próxima, também pode ser uma boa oportunidade para vir a se apaixonar. Muitas vezes, ela está apenas lhe dando uma chance de ser conquistada. Tudo vai depender da qualidade do relacionamento pra este namoro evoluir para algo ainda maior ou não.

Já o homem, conforme escrevi no post passado, que tem a possibilidade de se relacionar sem compromisso com uma mulher que ele ainda não elegeu, não vê o namoro da mesma forma. Para ele, é muito mais lógico assumir o namoro com a mulher por quem já se sentiu conquistado. Uma mulher que, de alguma forma já o fez sentir-se diferente e assim sendo, possui grandes chances de vir a ser sua esposa.  A decisão de namorar, no geral, é muito séria pro homem. Ele irá se comprometer e isso tem que ter um porquê. Não significa dizer que o namoro vai dar realmente em casamento. Disso, obviamente vai depender da evolução do relacionamento. Apenas estou falando da motivação inicial frente ao namoro, que geralmente envolve ambos os sexos.

Em resumo, a mulher pensa em namoro antes mesmo de pensar em casamento; enquanto o homem pensa primeiro em casamento, para depois decidir namorar alguém.

Lógico que estou falando aqui, de homens e mulheres minimamente saudáveis do ponto de vista emocional, né? Não estou falando de pessoas obcecadas por casamento, emocionalmente dependentes, neuróticas, etc…

E com toda essa diferença conceitual, que envolve expectativas diferentes, como se relacionar? Como achar um ponto comum? Gente, em matéria de relacionamento, vamos combinar: sem regras, né??? Contudo, acredito que entender o ponto de vista do outro e reconhecer as diferenças podem ajudar bastante. 😉

Acredito ainda, que muitos desencontros ou insatisfações no relacionamento são devido ao fato de um se colocar subordinado às normas ou desejos do outro (seja o homem ou a mulher). Se o outro não deseja o mesmo que vc, não há porque ficar se violentando num relacionamento frustrante. Acredito nas pessoas com poder de decisão e escolhas e isso significa até entender que o melhor é que alguns relacionamentos acabem mesmo.

Se vc não se sente bem ao lado de um homem que não te assume e ser assumida é importante pra vc, não tente se impor. Vai se desgastar à toa. Termine esse relacionamento e siga seu caminho dentro daquilo que faz sentido pra vc.

Da mesma forma, se o homem estiver se sentindo sufocado e “obrigado” a assumir um compromisso que no fundo não deseja, seja honesto consigo mesmo e com sua parceira. Não precisa ficar dizendo que vc está num momento profissional que não te permite assumir um relacionamento, que isso já não cola faz tempo, viu??? rssss… apenas diga que não quer compromisso e não exija comprometimento dela. Se ela topar, é porque está tudo bem pra ela também, sem ficar se enganando e alimentando falsas expectativas.

No salto?

Ninguém deve permitir que o outro defina que tipo de relacionamento está tendo com vc! Sejam ambos, homens e mulheres, autores conscientes de suas vidas amorosas.

Bj a todos e ótima semana!!! 😉