FELIZ 2015!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Slide1

Queridos leitores, eu estive meio atribulada neste fim de ano, cuidando de problemas familiares e nem pude postar por ocasião do Natal.  Mas eu não queria perder também a oportunidade de vir aqui antes do fim de ano para falar um pouco desta época de celebrações e das minhas últimas reflexões.

Eu adoro o Natal. Adoro o clima de confraternização e de amor que invade a vida até mesmo dos mais sépticos e mal humorados.  Quero acreditar que, se não tem outro jeito, pelo menos nesta época do ano, a maioria das pessoas sejam verdadeiramente tocadas por bons sentimentos e boas vibrações.

Passei o Natal rodeada de pessoas boas, ao lado de gente do bem e de pessoas comprometidas com o outro. Eu estava num hospital. Estava zelando e cuidando não só de uma vida inferma, mas de muitas vidas envolvidas, inclusive a minha própria. Não tenho o que lamentar. Esses momentos, embora indesejados e muitas vezes evitáveis, são importantes pra nos fazer refletir sobre o que verdadeiramente importa. O amor, o olhar para o outro e para nós mesmos. Cuidar me acalenta, me faz agradecer, me faz receber muito e me faz ver o quanto podemos muito mais do que fazemos todos os dias.

Aproximando o fim de ano, olho pra trás e vejo onde estive, onde estou, e onde quero chegar. É uma boa época pra fazer balanços e acho que de vez em quando precisamos mesmo fazer isso. É útil, é bom, é providencial. O ser humano é talhado para o pensar e deve aproveitar essa capacidade com maestria e generosidade. Quero um dia ser boa nisso… rsss.

No mais, eu quero agradecer às oportunidades que tive em 2014. Oportunidade de conhecer pessoas, oportunidade de me afastar daquilo que não me fazia bem e de me aproximar de coisas que me fazem crescer. Oportunidade de perseverar sobre as dores físicas que senti, oportunidade de estar só às vezes e de estar com quem se ama sempre. Oportunidades de trabalho, de dança, de viajar, de sair e de ficar em casa. Oportunidade de dar o meu melhor a quem depende de mim e de me fazer refletir sobre quando e porquê eu não consegui dar o meu melhor. Oportunidade de cometer erros e de ser eu mesma. Agradeço a oportunidade de reconhecer que preciso ser agradecida eternamente. Obrigada pela oportunidade da vida.

Na prática, e pensando na Dança, que é um dos grandes motivadores para eu ter este Blog, quero agradecer às amigas e parceiras do El Ghazy Dance Troupe, com quem eu troco muita coisa boa na profissão e na vida. Quero agradecer ao Studio Mahira Safie, ao Espaço Mosaico, ao Studio Rafaela Alves e ao Centro Cultural Chandra & Surya, por investirem no meu trabalho e me acolherem junto a vcs. Quero agradecer às minhas alunas que me tornam professora todos os dias.

Na minha vida pessoal, quero agradecer aos amigos com os quais eu tenho uma ligação imensa, profunda e verdadeira e que independe de presença e distância. Agradeço a mãezona que eu tenho e que tem a mais pura convicção de que eu ainda não cresci. 😉  Agradeço à família do meu marido que me têm como alguém que nasceu entre eles. Agradeço ao meu marido, pelo seu amor que beira o incondicional e pelo homem absolutamente maravilhoso que é.

Agradeço pelo ano que está por vir.

FELIZ ANO NOVO A TODOS!