DETALHES QUE FAZEM A DIFERENÇA

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

CENÁRIO: UM TEATRO.

EVENTO: UM ESPETÁCULO DE DANÇA DO VENTRE.

Tango Casais

Olá queridos leitores!!!!

Hoje quero falar de detalhes que muitas vezes são esquecidos e que fazem toda a diferença quando o assunto é elegância, profissionalismo. Seriedade com a dança e respeito ao público.

Antes de estudar Dança do Ventre, eu estudava Jazz e nesse meio existe muita disciplina fora e dentro dos palcos. Os ensaios incluíam não só o treino repetitivo das coreografias, como também as rotinas de aquecimento e preparo do corpo. O comportamento nos bastidores incluía a valorização da concentração e do silêncio. A preocupação com os demais colegas eram incentivados pelos professores e se tornavam imperativos em toda produção de um espetáculo. No entanto, quando migrei para a Dança do Ventre, temos que admitir, constatei que tais práticas, infelizmente não eram valorizadas. Mais que isso.  Eram totalmente desconhecidas.

Não é raro chegar a um espetáculo e dar de cara com bailarinas transitando no Hall do Teatro com seus figurinos à mostra. E quando começa o espetáculo, continuam transitando entre a platéia e os bastidores sem qualquer cerimônia, dividindo sua atenção entre dançar e assistir o espetáculo. Nas coxias, aplaudem suas colegas, entoam o “lilili” e algumas chegam até mesmo a gritar elogios e os nomes das bailarinas que estão se apresentando. E quando fecham as cortinas, comemoram novamente gritando e pulado ruidosamente sem se importar com a impressão que está sendo deixada para a plateia.

O público fica em meio a toda essa desordem e, obviamente é induzido ao mau comportamento que não só desrespeita o artista, mas também os demais espectadores que dominam melhor a etiqueta dos bons espetáculos.

Nesses 13 anos de envolvimento com a Dança do Ventre, devo admitir com felicidade que tenho visto muita coisa melhorar. Parece que os colegas estão tendo outra visão nas produções de dança e muitos estão discutindo e trabalhando por apresentações mais artísticas e de bom gosto.

Contudo, não custa continuar falando e debatendo a importância do comportamento profissional para o sucesso do nosso trabalho, não é? Entendo que precisamos ter a convicção de que atitude profissional cabe a todos que querem levar para os palcos o melhor de si, a dança mais bela e a verdadeira arte.

Tratar o público com deferência, a dança com compromisso e o colega com respeito, fazem toda a diferença e são elementos fundamentais nesse contexto.

Um super beijo, deixem sua opinião e ótima semana!!! 😉

Banner Sorteio 3 anos