DANÇA DO VENTRE – COMO A DANÇA TRANSFORMOU A MINHA VIDA – PARTE 1

Tempo de leitura: 2 minutos

Olá Gente Dançante, tudo bem?

No dia 16 deste mês eu publiquei um post aqui no Blog, com o título: PARTICIPE DO CANAL NILZA LEÃO. Dá uma olhadinha lá se vc ainda não leu. 😉

A ideia é trazer vc mais pertinho de mim, aumentando a interatividade do Canal com as minhas seguidoras e, ainda por cima, o que é melhor: ajudar pessoas!

Isso mesmo! Tem muita gente que passa por vários problemas e pode encontrar, na Dança do Ventre, uma grande oportunidade para dar a volta por cima.

Isso aconteceu comigo e tenho certeza de que já aconteceu com vc também. 😉

Transformação 1

Eu já estou recebendo várias histórias emocionantes e, em breve, vou começar a gravar os vídeos. E eu adoraria contar a sua história também. Vc pode me enviar por e-mail (nilza@nilzaleao.com.br) ou por vídeo, tanto faz! E pode preferir se identificar ou não. Vc é quem manda!!!!! 😉

Nós sabemos o quanto a Dança do Ventre é transformadora, não é? Então, vamos dividir nossas histórias e fazer outras pessoas mais felizes e realizadas!!!! 😉

O vídeo de hoje é de uma série de 3 vídeos no total. Nessa série eu conto três momentos importantes na minha vida, nos quais a Dança do Ventre foi absolutamente transformadora pra mim. O primeiro deles, foi quando eu comecei a dançar. Os outros dois, eu conto nos próximos vídeos, que irão ao ar nas semanas seguintes, ok?

Então é isso!!!! Mande também a sua história!!! ♥

Ah,  e tem mais!!!! Vc pode também me enviar perguntas. Está tudo explicadinho no post que eu citei acima: PARTICIPE DO CANAL NILZA LEÃO.

Bora assistir ao vídeo agora???

Hummmmmm…. SMACK!!!! 

——————————————————————————————————————–

Está gostando do conteúdo que eu posto neste Blog pra você? Então ajuda a divulgar! Dá um forcinha!!! Curta a Fan Page Nilza Leão e me siga no Instagram. 😉

——————————————————————————————————————–

Para Conteúdos Exclusivos em Dança do Ventre e Folclore Árabe, CADASTRE-SE clicando no botão abaixo:

Botão 1 Editado

——————————————————————————————————————–