A LÍNGUA ÁRABE

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Banner Sorteio 3 anos

Queridos leitores.

Vamos conhecer um pouco sobre a língua árabe? O post é do nosso Colaborador Tufic Nabak.

Fonte: http://www.arabeegipcio.com

INTRODUÇÃO

A língua árabe é considerada a mais antiga do mundo. Segundo os historiadores, este idioma milenar não era escrito no início, sendo apenas falado. Originou-se na Arábia Saudita, sendo usado por quase meio bilhão de pessoas, em vários países do mundo. O árabe, como o latim, é uma língua que se apresenta sob duas formas: clássica e coloquial.

A expressão “árabe clássico” é a língua árabe usada habitualmente no Oriente tanto nos livros como nos meios de comunicação como jornais, televisão e etc. O termo “árabe coloquial” é usado frequentemente no Ocidente como referência a linguagem atual, em oposição à da literatura clássica; mas os árabes não fazem essa distinção.

O alfabeto árabe é rico e bonito, constando de 28 letras que se escrevem e se lêem da direita para a esquerda. Algumas letras não têm tradução escrita ou falada, por qualquer outra língua estrangeira. Cada letra pode adotar 4 grafias diferentes, de acordo com sua posição na palavra (isolada, no início da palavra, no meio ou no final). Não há diferença entre letras maiúsculas e minúsculas.

As letras árabes que não se traduzem para outros idiomas são: HA (semelhante ao som de uma risada), KHA (J em espanhol), AAIN (não tem tradução em qualquer língua estrangeira) e GHAIN (semelhante ao “R” parisiense). Não existem no alfabeto árabe as letras: P, V e G de “guia”.