fevereiro 2014

CURSO DE FORMAÇÃO EM FOLCLORE ÁRABE – SERRA – ES

menos de 1 minuto Oi meus queridos leitores!!! Vim dar mais uma notícia que está me deixando muito feliz. Eu ainda nem comecei o CURSO DE FORMAÇÃO EM FOLCLORE ÁRABE em JUIZ DE FORA e já tem gente me procurando para desenvolver o mesmo trabalho em outras cidades. Muuuuito legal isso!!!! Muito bom ver as pessoas se interessando pelo estudo do folclore e prestigiando um trabalho que vem sendo preparado durante anos de estudos. Na verdade, a realização de um sonho. Estou realmente muito Continue lendo

POR QUE ESTUDAR FOLCLORE ÁRABE?

menos de 1 minuto   Olá queridos leitores!!!! “Se vc quiser aprender sobre Dança do Ventre, estude Folclore Árabe”. Não sei exatamente quais foram as palavras, mas essa é a ideia que defende Gamal Seif, um dos maiores mestres egípcios de Danças Orientais da atualidade. E eu, assino embaixo. Concordo plenamente com ele! 😉 Quem se interessa e estuda o folclore não tarda a perceber o quanto se ganha de visão a respeito das produções artísticas de um povo a partir do conhecimento de seus Continue lendo

ESPETÁCULO “DO VENTRE NASCE A MULHER E A DANÇA”.

menos de 1 minuto Olá leitores amados!!! Hoje eu venho aqui convidar vcs a assistir um espetáculo que estou montando junto com minhas colegas do “Curso de Qualificação de Instrutores de Dança do Ventre” oferecido pelo Ibac, sob a coordenação de Samra Sanches. Esse trabalho é tarefa de conclusão do curso e foi desenvolvido por uma equipe composta por: Amira Abdala, Andreia de Paula, Bruna Milheiro, Tetê Wachulec e eu. Também contamos com o auxílio de Savana Snarvich e Samra Sanches na produção. A Continue lendo

PROFISSÃO? FAZER AMIGOS.

menos de 1 minuto Olá pessoal!!!! Como ando, nos últimos dias, na mais absoluta “lua de mel” com a minha profissão, fiquei pensando sobre as várias questões que envolvem o ofício de professora de Dança do Ventre e os motivos pelos quais eu amo tanto essa vida. 😀 De imediato, vem as razões mais óbvias! Adoro Dança do Ventre, adoro ensinar, pesquisar, adoro dançar todos os dias e por ai vai. Mas o fato é que ser professora de dança nos traz outras alegrias também Continue lendo